banner destaque

Inovação educativa: a educação como propósito

Fundação Telefônica aposta na conectividade e nas tecnologias digitais da Vivo para contribuir com o ensino no Brasil.

17/09/2019 17:02

Vivo aposta na inovação educativa para desenvolvimento da sociedade
Foto: Divulgação

Empresas de tecnologia dispõem de informações e ferramentas anos-luz à frente do que têm acesso as pessoas comuns. Compartilhar seu conhecimento sobre tendências e potenciais transformações já seria uma contribuição e tanto com a sociedade. Ajudá-la a se preparar para a mudança, então, seria um benefício inestimável. E é justamente o que Vivo e Fundação Telefônica têm procurado fazer na área de educação: promover a inovação educativa.

Cientes dos desafios atuais de ensino, as organizações se conectaram no objetivo de promover a inovação educativa entre escolas e professores no Brasil.

O conceito de inovação educativa surge da necessidade urgente de contribuir com novos formatos e metodologias de ensino e aprendizagem no país, utilizando a tecnologia como aliada para suprir as demandas atuais e preparar os alunos para os desafios do futuro. Hoje, das quatro horas de um aluno na escola, pouco mais de 90 minutos são dedicados efetivamente à aprendizagem.

As gerações do século XXI ainda se deparam, muitas vezes, com escolas do século passado. A Vivo, além de entender como suas atividades-core conversam com o “novo mundo”, compreendeu a importância de colaborar com processo de atualização do ensino.

A Fundação Telefônica, que atua há 20 anos no país, é o braço da Vivo responsável por executar o propósito educacional da companhia, que defende uma educação mais inclusiva e digital – não só em hardware, mas em mudança do mindset de professores e escolas – como a única maneira de realizar uma transformação sustentável no mundo. A proposta da Fundação é apoiar o Estado no desenvolvimento e aperfeiçoamento de políticas públicas.

Leia também: Vivo lança relatório de Sustentabilidade

Três pilares de atuação

A Fundação Telefônica estrutura sua atuação em três pilares. Um deles é o programa de voluntariado da Vivo, com altos índices de engajamento (mais de metade da força de trabalho da empresa está comprometida com alguma causa social).

Outro eixo concentra-se no estímulo ao empreendedorismo de impacto social, com o uso de tecnologia para jovens das periferias brasileiras, a partir de 15 anos. É o Programa Pense Grande, cujo objetivo é incentivar a juventude, por meio de formações, apoio ao indivíduo e seus negócios e também com a produção de conteúdo relevante no tema, para que criem e implementem novas soluções e oportunidades para transformação de suas vidas e das pessoas ao seu redor, resolvendo problemas ou necessidades de suas comunidades.

O último eixo é a educação em si, investindo na formação continuada de educadores, na fluência digital e na inovação das práticas pedagógicas, atuando com projetos como o Escola Digital – uma plataforma com mais 30 mil recursos digitais de aprendizagem, que conta com animações, vídeos, infográficos entre outros – e incentivando a formação à distância por meio do projeto Escolas Conectadas, que disponibiliza cursos gratuitos e certificados pelo MEC, com carga horária de 15, 20 e 40 horas.

“Vale destacar ainda o projeto Aula Digital, que incentiva a inovação em sala de aula, incorporando o uso da tecnologia por meio da entregue de kits tecnológicos e de conteúdos pedagógicos digitais, bem como promovendo a formação dos educadores e gestores e o acompanhamento nas escolas. Este ano serão mais de 1.100 escolas atendidas em todo o Brasil”.

Americo Mattar, diretor-presidente da Fundação Telefônica

Além do debate sobre inovação educativa

O trabalho da Fundação vai além do debate sobre um novo ensino e entrega ferramentas para uma educação mais conectada, dinâmica e contemporânea. Se o que antes precisava ser decorado, agora está ao alcance das mãos em um celular. A escola e as pessoas estão mais livres do que nunca para investir na contextualização e no debate.

A iniciativa de inovação educativa da Vivo foi case da edição de 2019 do Líder 2030 Talks. Confira a vídeo-palestra e entenda melhor sobre o projeto:

Saiba mais: 11 empresas que estão melhorando o mundo

Compartilhar:
Patrocinador Bronze Sodexo Ultragaz Cervejaria Ambev