banner destaque

#CEOcomPropósito 2019: lideranças se reúnem para falar de ativismo empresarial

Empoderamento feminino, equidade racial, felicidade no trabalho, democratização da inteligência artificial e saúde e bem-estar foram alguns dos temas defendidos no encontro

28/11/2019 19:48

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

No dia 27 de novembro, em um auditório da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), em São Paulo/SP, a Plataforma Liderança com Valores realizou mais uma edição do CEO com Propósito. O evento reuniu 12 líderes de importantes companhias para falar sobre ativismo empresarial.

Confira aqui as fotos oficiais do evento ou acesse nossa página no Facebook.

“A edição de 2019 do CEO com Propósito tem como abordagem central o ‘ativismo empresarial’. A ideia em torno dele foi reunir CEOs de empresas que venham se destacando pela defesa de ideias - não necessariamente ligadas ao negócio - vistas como relevantes pelo conjunto da sociedade brasileira”

Ricardo Voltolini, idealizador da Plataforma Liderança com Valores
Ricardo Voltolini durante a abertura da edição de 2019 do CEO com Propósito.
Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Em formato TED, como já é característico dos eventos da PLV, cada CEO falou por cerca de 8 minutos, relatando suas experiências pessoais com a causa que defenderam no palco. Entre cada apresentação, quem chamou a atenção e concedeu um toque de charme ao encontro foi o grupo de músicos liderado por Marco Faria. O grupo tocou clássicas músicas de Rock'n Roll, em sintonia com o conceito de CEOs ativistas que Ricardo Voltolini definiu no encontro:

"São os líderes que chamo de Rock’n Roll. Têm atitude, são genuínos, pensam fora da caixa e gritam quando falar já não é mais suficiente. Por isso, fazem grande diferença. Hoje vocês verão 12 deles neste palco".

Ricardo Voltolini

Empoderamento feminino, equidade racial, felicidade no trabalho, democratização da inteligência artificial e saúde e bem-estar foram alguns dos temas defendidos no encontro. Assista aqui ao teaser do CEO com Propósito 2019.

Durante a abertura do evento, Ricardo Voltolini apresentou a Plataforma Liderança com Valores e a repercussão já alcançada, além de uma homenagem aos patrocinadores, responsáveis pela existência da PLV e de todos os seus encontros realizados.

Como forma de agradecer aos seus patrocinadores, a PLV apresentou durante o encontro uma ilustração feita pelo desenhista Marcelo da Paz, na qual o artista representa os CEOs de cada uma das atuais empresas patrocinadoras da Plataforma.
Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Além dos 12 líderes que subiram ao palco, o CEO com Propósito contou também com uma participação especial: Theo van der Loo, ex-CEO da Bayer Brasil, reconhecido por seu trabalho frente à diversidade e inclusão, de modo especial com a questão racial. Theo, ainda, é personagem de uma entrevista especial para a revista da Ideia Sustentável - que foi distribuída aos participantes do evento.

"Esse prêmio eu quero dedicar a todos os CEOs que estão engajados com a questão racial. E também incentivar aqueles que ainda não fizeram nada para começar a fazer algo por essa causa"

Theo van der Loo, ao receber o prêmio Sabiá-Laranjeira durante o CEO com Propósito
Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

E ainda ocorreu uma homenagem em dose dupla. Junto com Theo van der Loo, uma jovem de Salvador/BA chamada Lorena da Conceição Sousa também recebeu o prêmio Sabiá-Laranjeira. A jovem foi destaque do Líder Geração P, programa realizado pela Ideia Sustentável em parceria com a Ultragaz. Infelizmente, devido a problemas climáticos, Lorena não conseguiu embarcar de Salvador para o encontro - o que não a impediu de participar via ligação telefônica. No palco, Daniela Gentil, gerente de Sustentabilidade da Ultragaz, representou a companhia durante essa premiação.

Saiba mais: Ideia Sustentável e Ultragaz aplicam programa educativo para jovens de Salvador

Daniela Gentil, gerente de Sustentabilidade da Ultragaz, junto com Ricardo Voltolini, em ligação telefônica para Lorena, da Reprotai.
Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

No final do encontro, os 12 líderes que se apresentaram também foram premiados com o Sabiá-Laranjeira, devido sua atuação frente às causas defendidas.

Durante o encontro, todas as participações foram gravadas e serão disponibilizadas gratuitamente, em formato de vídeo-palestras, no site e redes sociais da PLV.

Dica de leitura: 8 passos para ser um bom líder ativista

Confira o que disse cada líder no CEO com Propósito 2019:

Tânia Cosentino: Democratização da inteligência artificial

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

A CEO da Microsoft Brasil - que já esteve presente em outros encontros da PLV - falou sobre a democratização da inteligência artificial como forma de se investir na educação e na formação de profissionais do futuro.

Segundo Tânia Cosentino, a inteligência artificial já é uma realidade e pode oferecer soluções para todos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e, inclusive, melhorar a economia brasileira. Contudo, o baixo nível de escolaridade e aprendizado no Brasil e a pouca inserção de jovens na área tecnológica prejudicam o crescimento do país.

"A pauta da transformação deve estar inserida nas agendas dos CEOs. E se queremos realmente transformar a sociedade, devemos não apenas ser otimistas, mas ativistas"

Saiba mais sobre o case: Tecnologia para empoderar o ser humano

Cristina Palmaka: Valorização da vida

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Cristina Palmaka, CEO da SAP, falou sobre o "algoritmo da vida", projeto apoiado pela empresa para oferecer suporte, por meio da tecnologia, a adolescentes e jovens que sofrem com depressão e pensam em dar fim da própria vida.

15% da população brasileira formada por jovens de 15 a 29 anos possui sintomas de depressão ou apresenta transtornos como ansiedade, e o suicídio já é a segunda causa mais frequente de morte entre esse público no mundo. Para Cristina, o líder precisa estar atento a realidades como essa, a fim de conduzir a empresa a oferecer soluções transformadoras.

"O líder precisa adotar uma postura de preocupação com nossa realidade, e os valores da empresa devem estar amarrados com os seus valores pessoais. Que tenhamos empatia, criatividade e, principalmente, coragem para transformar o mundo"

Saiba mais sobre o case: Na luta contra a depressão e o suicídio entre adolescentes e jovens

Sonia Favaretto: O poder transformador da decisão de um líder

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

A frente da Rede Brasil do Pacto Global, Sonia Favaretto, jornalista por formação, discorreu sobre a simbologia da caneta em sua vida, e como isso se conecta à campanha #AceitaEstaCaneta do Pacto Global.

Para Sonia, um líder tem o poder de transformar o mundo com suas decisões a frente da companhia e com os compromissos assumidos com a sociedade - e também para o cumprimento dos ODS e da Agenda 2030.

"Tudo começa e termina nas pessoas. São as pessoas que fazem a diferença. E os CEOs são pessoas, mas também pioneiros na tomada de decisão. Eles têm um papel determinante no cumprimento da Agenda 2030"

No final de sua fala, Sonia convidou ao palco Jean Jereissati, presidente da Operação da Cervejaria Ambev no Brasil, que assinou oficialmente o documento da campanha do Pacto Global, assumindo publicamente, no CEO com Propósito, o compromisso da companhia contra o aquecimento global.

Saiba mais sobre o case: Aceita esta caneta!

Jean Jereissati: Impacto positivo para a sociedade e o planeta

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Após assinar formalmente o compromisso da Cervejaria Ambev com a campanha #AceitaEstaCaneta do Pacto Global, Jean Jereissati comenta sobre os novos rumos da companhia, após uma intensa reflexão sobre os passos dados até ali. Jean cita projetos importantes da empresa que geram impacto positivo na sociedade, como o Programa VOA e a Água AMA.

A proposta do novo CEO da companhia é olhar para a empresa mais como um ecossistema, saindo para fora de seus muros e integrando cada vez mais seus stakeholders, inclusive os que estão na ponta da cadeia de valor, de forma a causar maior impacto positivo na sociedade e no planeta.

"Temos de ser protagonistas dentro desse ecossistema e transformá-lo em um ambiente sadio, colaborativo e em expansão. Faz parte a gente fazer esse mea-culpa, esse reconhecimento. Isso nos ajuda a andar para frente"

Saiba mais sobre o case: Negócios com impacto

Carlos Takahashi: Negócios com propósito além do lucro

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

O CEO da BlackRock Brasil, além de citar as famosas cartas de Larry Fink - CEO global da companhia - aos presidentes das empresas nas quais investe, Carlos contou sobre suas experiências como executivo e sua busca pessoal por atuar em empresas com propósito.

Aposentado no final de 2015, depois de passar por diferentes cargos na área bancária e de investimentos, Takahashi passou a atuar como conselheiro, e não considerava retomar a função de executivo, a não ser que fosse em negócios com propósito. Em 2019, contudo, Carlos recebeu o convite para se tornar CEO da unidade brasileira da maior gestora de investimentos do mundo.

"Seja apaixonado por entregar uma boa performance, por respeitar o seu cliente, por agir pensando nas próximas gerações. Seja apaixonado pelos seus propósitos. Os líderes são, acima de tudo, grandes apaixonados por aquilo que fazem"

Saiba mais sobre o case: Empresas sem propósito, empresas sem futuro

Claudia Abreu: Saúde, bem-estar e qualidade de vida

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Recém-empossada CEO da Mundo Verde, Claudia Abreu, que já trabalhou como gerente de canais na Microsoft entre 2001 e 2008, falou no CEO com Propósito sobre a causa de saúde, bem-estar e qualidade de vida, temas tão importantes em sua vida pessoal e que estão alinhados com o propósito da empresa.

De acordo com Claudia, o mercado de alimentação saudável e de qualidade de vida - e que seja responsável e ético em toda a sua cadeia de valor - está em ascensão, pois esses temas tornaram-se valores importantes para a sociedade, que tem se preocupado não só com sua própria saúde mas também com a do planeta. A líder destaca as novas gerações, mais engajadas, e citou o exemplo de seus próprios filhos.

"Não adianta fingirmos que o mundo não mudou. Ele está mudando e vai mudar ainda mais. Com isso temos uma grande avenida de oportunidades para percorrer, mas precisamos pensar naquilo que nos move, individualmente e profissionalmente. Quando eu acordo de manhã e levanto para trabalhar, penso sempre no meu objetivo: garantir que as pessoas vivam melhor e em um mundo melhor"

Saiba mais sobre o case: O conceito que sustenta a marca

Tadeu Nardocci: Equidade racial

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

CMO da Novelis, Tadeu Nardocci expôs sobre seu engajamento a frente da companhia com a inclusão de negros no mercado de trabalho. Para o líder, era cada vez mais claro que ter a sociedade brasileira representada na organização significava contar com um negócio mais perene. Segundo Tadeu, um dos principais impulsos que teve para promover esse tema dentro da Novelis foi sua participação, junto com Theo van der Loo, em um grupo de líderes denominado CEO's Legacy, iniciativa da Fundação Dom Cabral que reúne CEOs que desejam deixar um legado para a sociedade. A partir daí, o líder da Novelis entendeu que seu legado era diminuir a desigualdade e, para isso, deveria trabalhar com a inclusão racial.

Tadeu afirma que, apesar da companhia ter muitos negros na operação, não os possui na alta liderança, o que é um reflexo da desigualdade existente no Brasil. Portanto, a empresa possui um programa de inclusão e promoção da diversidade que se iniciou com mulheres e agora com negros. Uma outra novidade apresentada pelo CMO da Novelis é que o programa passou a incluir, na véspera do CEO com Propósito, a comunidade LGBTI+.

"O meu desafio é tornar perene esse programa. Posso continuar esse trabalho como indivíduo, mas é importante que a empresa o continue independente de mim. Para isso, como líder, tenho assinado compromissos públicos em nome da empresa, como forma de garantir que os que vierem depois de mim também exerçam esse trabalho de inclusão"

Saiba mais sobre o case: Equidade racial dentro e fora dos muros da empresa

Paula Paschoal: Os benefícios do empoderamento feminino

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Ex-aluna da FAAP - instituição onde ocorreu o CEO com Propósito 2019 -, Paula Paschoal, CEO do PayPal Brasil, discorreu sobre equidade de gênero e a importância de incluir mulheres nos cargos de lideranças.

Segundo Paula, apenas 11% das empresas no mundo são lideradas por mulheres. Na área de tecnologia e finanças, segmento onde atua o PayPal, contudo, esse índice acaba sendo bem menor, por ser um campo endereçado ao universo masculino.

"Uma vez percebi que eu tive muitos privilégios. E entendi que o tamanho do meu privilégio é do tamanho da minha responsabilidade para com a sociedade, para possibilitar às mulheres ao meu redor as mesmas oportunidades que tive, principalmente a liberdade de ser quem eu sou"

Saiba mais sobre o case: Mais do que uma questão de equidade, uma questão de matemática

Adriana Castro: Ativismo como princípio de atuação

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Com mais de 20 anos de atuação na Unilever, Adriana Castro, durante o ano de 2018, resolveu tirar um ano sabático e fez uma volta ao mundo com a família, apoiada pela empresa. Nessa experiência, Adriana e sua família puderam vivenciar diferentes realidades, o que foi bastante transformador para a líder. Após essa vivência, Adriana Castro decidiu que só voltaria ao mundo corporativo se fosse trabalhar com algum propósito de vida, gerando impacto positivo, e foi, então, convidada a assumir a liderança da Ben&Jerry's, marca reconhecida pelo ativismo corporativo.

"Ativismo de verdade é quando incomoda e, para que eu pudesse ser uma líder ativista, precisei desconstruir o que é ser um CEO. O líder é alguém que serve, que trabalha para o time, que está muito mais em uma posição de fala que de hierarquia. Hoje sou uma ativista da qualidade de vida e acredito que podemos equilibrar o trabalho com a vida pessoal"

E o que o sorvete tem a ver com ativismo? Nada, segundo Adriana. Para ela, o produto da companhia é apenas um meio para fazer o bem. Além disso, Adriana Castro afirma que a questão da diversidade e inclusão tem importância especial tanto para ela quanto para a marca, que, no Brasil, está bastante alinhada com as pautas da comunidade LGBTI+.

Saiba mais sobre o case: Paz, amor, justiça climática… e pioneirismo!

Eduardo Gouveia: Simplicidade na vida pessoal e profissional

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Eduardo Gouveia, antes de assumir o cargo de CEO da Cielo, passou pela liderança de outras empresas, como Multiplus, Alelo e Livelo. Em 2018, o líder decidiu trocar a agenda agitada de CEO por um estilo de vida mais simples e desapegado. Passou quase um ano em Londres, com sua esposa, em um momento de reconexão consigo mesmo e com as pessoas a seu redor.

De acordo com Gouveia, a experiência de uma vida mais simples com sua esposa o incentivou a valorizar questões que antes não eram prioridade para ele. Ao voltar para o Brasil, Gouveia começou a apoiar e investir em startups que possuem o propósito de melhorar o mundo. Além disso, se envolveu recentemente com a questão da seca no Nordeste, região na qual nasceu.

"A seca mata, e quando você dá água a um nordestino que tem sede, você dá vida. E nós conseguimos resolver esse problema com esforço e envolvimento de pessoas e instituições. Como legado, quero ser reconhecido como o líder que ajudou a resolver o problema da seca no Nordeste"

Saiba mais sobre o case: Simplicidade para se reconectar

Luciana Antonini Ribeiro: Negócios como soluções para gaps brasileiros

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

Luciana Antonini Ribeiro, sócia-fundadora da EB Capital, iniciou sua carreira como advogada em uma empresa de mídia, e percebendo a importância do jornalismo para pautar questões importantes de interesse público, sentiu-se inspirada a influenciar o empreendedorismo a também pautar questões importantes, sobretudo para solucionar problemas na realidade social brasileira.

Ao fazer uma transição de carreira e passar a trabalhar com investimentos, Luciana Ribeiro decidiu aplicar o seu propósito, incentivando investidores a apoiarem, com recursos, projetos com causas sociais e ambientais, que além de gerarem retorno financeiro, transformem a realidade do país. Para Luciana, um dos grandes gaps brasileiros está na inclusão digital, atualmente essencial para educação, entretenimento e informação. Além disso, a líder reconhece nos ODS um guia para direcionar o caminho a quem deseja fazer a diferença no mundo.

"Os ODS são uma bússola que indica onde existem problemas a serem resolvidos. Além de serem uma oportunidade para gerar retorno aos investidores, pode, ao mesmo tempo, solucionar problemas brasileiros e ajudar a transformar a realidade do país"

Saiba mais sobre o case: Ações que transformam

Leonel Andrade: Felicidade no trabalho e autorrealização

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

O atual CEO da CVC, Leonel Andrade, falou no evento sobre a importância da felicidade no trabalho. O líder trabalhou por cerca de 30 anos no mercado financeiro e de tecnologia, quando decidiu deixar a liderança de grandes empresas e se dedicar durante um tempo a conselhos corporativos, além de escrever e palestrar para incentivar pessoas a buscarem a sua felicidade e autorrealização.

Em sua fala, Leonel cita dois conceitos que, segundo ele, levam o indivíduo a ser feliz no seu trabalho: emoção e gratidão. Além disso, afirma que suas palestras e artigos não são para profissionais de Gestão de Pessoas ou Sustentabilidade, pois esses já acreditam nos temas abordados. O foco de suas palestras está nos profissionais das áreas de Finanças, Tecnologia, Processos e naqueles que precisam enxergar que emoção, gratidão e felicidade fazem seus resultados ficarem cada vez melhores.

"Recordar significa passar novamente pelo coração. Nós só nos lembramos das coisas que nos emocionaram, que passaram pelo nosso coração, de modo bom ou ruim. E nós, líderes, só conseguiremos ser lembrados como bons líderes se passarmos positivamente pelo coração das pessoas"

Saiba mais sobre o case: Felicidade no trabalho, um caminho para a autorrealização

Sobre a PLV

Foto: Lara Pires / Ideia Sustentável

A Plataforma Liderança com Valores, produto da consultoria Ideia Sustentável, é um portal de gestão de conhecimento em sustentabilidade empresarial, que realiza anualmente dois grandes encontros nacionais (Líder 2030 Talks e CEO Com Propósito) e inúmeros encontros regionais e/ou setoriais para difundir a importância da liderança com valores e para a sustentabilidade.

Em uma década de existência, conta com o depoimento em texto e vídeo de 190 líderes empresariais brasileiros, nove livros, dois guias de orientação, 12 grandes eventos anuais, uma revista (2030), 547 encontros presenciais nas mais diferentes regiões do país e 150 mil líderes atingidos presencialmente.

Mais de 5 milhões de pessoas já viram as suas vídeo-palestras, que compõem um dos mais ricos acervos do mundo em sustentabilidade corporativa, todo ele baseado na metodologia de storytelling empresarial. Fábio Barbosa (Itaú Social), Guilherme Leal (Natura), Rodrigo Kede (IBM), Paulo Nigro (Ex-Aché), Tânia Cosentino (Microsoft), Franklin Feder (ex-Alcoa), Fabio Coelho (Google), Cristina Palmaka (SAP), Tadeu Nardocci ( Novelis) e Paulo Correa (C&A), entre tantos outros integram a galeria de líderes do movimento.

Escrito por Marcos Cardinalli

Compartilhar:
Patrocinador Bronze Sodexo Ultragaz Cervejaria Ambev